Cursos EFA

Os Cursos de Educação e Formação de Adultos (Cursos EFA) são uma oferta de educação e formação para adultos que pretendam elevar as suas qualificações. Estes cursos desenvolvem-se segundo percursos de dupla certificação e, sempre que tal se revele adequado ao perfil e história de vida dos adultos, apenas de habilitação escolar. 

Os adultos já detentores do 3º ciclo do ensino básico ou do nível secundário de educação que pretendam obter uma dupla certificação podem, sempre que se mostre adequado, desenvolver apenas a componente de formação tecnológica do curso EFA correspondente. 

Para quem
Os Cursos EFA poderão ser indicados para si, no caso de:
− Ter idade igual ou superior a 18 anos (a título excecional, poderá ser aprovada a frequência num determinado Curso EFA a formandos com idade inferior a 18 anos, desde que estejam inseridos no mercado de trabalho);
− Pretender completar o 1º, 2º, 3º ciclo do ensino básico ou o ensino secundário;
− Desejar obter uma certificação profissional.

Apenas os candidatos com idade igual ou superior a 23 anos podem frequentar um Curso EFA de nível secundário ministrado em regime diurno ou a tempo integral.

Qual o objetivo
Estes cursos dão-lhe a possibilidade de adquirir habilitações escolares e/ou competências profissionais, com vista a uma (re)inserção ou progressão no mercado de trabalho.

O que são
Os Cursos EFA organizam-se:
a) numa perspetiva de aprendizagem ao longo da vida;
b) em percursos de formação, definidos a partir de um diagnóstico inicial avaliativo, efetuado pela entidade formadora do Curso EFA, ou de um processo de reconhecimento e validação das competências que o adulto foi adquirindo ao longo da vida;
c) em percursos formativos desenvolvidos de forma articulada, integrando uma formação de base e uma formação tecnológica ou apenas uma destas;
d) num modelo de formação modular, tendo por base os referencias de formação que integram o Catálogo Nacional de Qualificações;
e) no desenvolvimento de uma formação centrada em processos reflexivos e de aquisição de competências, através de um módulo intitulado “Aprender com autonomia” (nível básico de educação e/ou certificação profissional) ou de um “Portefólio reflexivo de aprendizagens” (nível secundário e/ou certificação profissional).

Para obter mais informações consulte o site http://www.anqep.gov.pt/

Cursos Vocacionais

CURSOS VOCACIONAIS DO ENSINO BÁSICO 

Com estes cursos pretende-se assegurar a criação de uma oferta no ensino básico que privilegia tanto a aquisição de conhecimentos em disciplinas estruturantes, como o português, a matemática e o inglês, como o primeiro contacto com diferentes atividades vocacionais. Estes cursos têm uma estrutura curricular organizada por módulos e assentam no envolvimento de empresas, entidades e instituições parceiras, sediadas na área geográfica da escola, quer ao nível da oferta de momentos de prática simulada adequada à idade dos alunos, quer mesmo na contribuição para a leccionação de módulos da componente vocacional.

 

A quem se destinam?

Os cursos vocacionais do ensino básico destinam-se a alunos a partir dos 13 anos de idade que manifestem constrangimentos com os estudos do ensino geral, designadamente aqueles alunos que tiveram duas retenções no mesmo ciclo ou três (ou mais) retenções em ciclos diferentes na totalidade do seu percurso escolar. A identificação prévia do público-alvo influencia a organização do curso, nomeadamente a sua duração e a escolha das atividades vocacionais.

O encaminhamento dos alunos faz-se após um processo de avaliação vocacional, que tem em conta fatores como a idade, o percurso escolar, os interesses, as aptidões e as características dos alunos. A integração dos alunos em cursos vocacionais exige o acordo dos encarregados de educação.

 

Plano de estudos

Os cursos têm uma duração flexível, sendo esta adaptada ao perfil de conhecimentos do conjunto de alunos que se reúne em cada curso. A orientação do s alunos para cada um destes cursos é da responsabilidade dos técnicos especializados da escola que ponderam a solução educativa mais adequada ao perfil de cada aluno.

 

Matriz 2.º ciclo

Componentes de formação

Total de horas anuais efetivas (60’)

Geral  
Português

135

Matemática

135

Inglês

65

Educação Física

65

Subtotal

400

Complementar  
História/Geografia

130

Ciências Naturais
   
Vocacional  
Atividade vocacional A

360

Atividade vocacional B
Atividade vocacional C
Prática simulada:  
Atividade vocacional A

70

Atividade vocacional B

70

Atividade vocacional C

70

Subtotal

210

Total

1100

 

 

Matriz 3.º ciclo

Componentes de formação

Total de horas anuais efetivas (60’)

Geral  
Português

110

Matemática

110

Inglês

65

Educação Física

65

Subtotal

350

Complementar  
História/Geografia

180

Ciências Naturais/Físico-Química
2.ª língua (a criar conforme a natureza do curso)
   
Vocacional  
Atividade vocacional A

360

Atividade vocacional B
Atividade vocacional C
Prática simulada:  
Atividade vocacional A

70

Atividade vocacional B

70

Atividade vocacional C

70

Subtotal

210

Total

1100

 

Qualificação e prosseguimento de estudos

Os cursos vocacionais conferem o 6.º ou o 9.º ano de escolaridade, ainda que não confiram certificação profissional.

Os alunos dos cursos vocacionais habilitados com o 9.º ano podem prosseguir estudos:

  • No ensino geral, desde que tenham aproveitamento nas provas finais nacionais de 9.º ano;
  • No ensino profissional, desde que tenham concluído com aproveitamento todos os módulos do curso;
  • No ensino vocacional de nível secundário, desde que tenham concluído 70% dos módulos das componentes geral e complementar e 100% dos módulos da componente vocacional.

 

Legislação

Estes cursos foram criados, em regime de experiência-piloto, pela Portaria n.º 292-A/2012, de 26 de setembro, e funcionam em escolas cujo projeto técnico-pedagógico, submetido nos termos do Despacho n.º 4653/2013, de 3 de abril, foi objeto de parecer favorável dos serviços competentes do Ministério da Educação e Ciência. A partir do ano 2014-2015, a apresentação destas candidaturas decorre em conformidade com o Despacho n.º 5945/2014, de 7 de maio.

  

CURSOS VOCACIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO

Com estes cursos pretende-se assegurar a criação de uma oferta de ensino secundário coordenada com empresas que responda ao interesse dos jovens que, no final da escolaridade obrigatória, pretendam ter uma saída profissional concreta. As empresas, entidades e instituições parceiras, sediadas na área geográfica da escola, estão envolvidas na realização dos estágios de formação em contexto de empresa e contribuem para a leccionação da componente vocacional.

 

A quem se destinam?

Os cursos vocacionais de nível secundário destinam-se a alunos a partir dos 16 anos de idade que, tendo obtido aproveitamento no ensino básico, procurem alternativas ao ensino secundário profissional e ao ensino secundário regular e pretendam uma oferta mais técnica, designadamente os que se encontrem em risco de abandono escolar. O encaminhamento dos alunos faz-se após um processo de avaliação vocacional e exige o acordo dos encarregados de educação se os alunos tiverem menos de 18 anos de idade.

 

Estrutura curricular

Estes cursos têm uma estrutura curricular organizada por módulos e estão enquadrados no Sistema Nacional de Qualificações, com referenciação ao Catálogo Nacional de Qualificações, correspondendo a uma qualificação de nível 4 do Quadro Nacional de Qualificações (12.º ano de escolaridade e certificado de nível 4) e procuram dar resposta às exigências da saída profissional que se pretende obter.

As disciplinas das componentes geral e complementar têm como referência os programas das disciplinas das componentes de formação sociocultural e científica dos cursos profissionais; a componente vocacional e a componente de estágio formativo têm por base os referenciais de formação constantes no Catálogo Nacional de Qualificações.

 

Matriz

Componentes de formação

Horas efetivas

Formação Geral

600

Português  
Comunicar em Inglês  
Educação Física  
   
Formação Complementar

300

Matemática aplicada  
Oferta(s) de escola  
   
Formação Vocacional

700

UFCD (formação tecnológica do CNQ)  
   
Estágio Formativo

1400

Estágio Formativo em contexto real de empresa  
e ou  
UFCD (formação tecnológica do CNQ)  

 

Qualificação e prosseguimento de estudos

Os cursos vocacionais de nível secundário conferem o nível 4 de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações (12.º ano de escolaridade e certificado de nível 4).

Após a conclusão de um curso vocacional de nível secundário, os alunos que pretendam prosseguir estudos no ensino superior deverão cumprir os requisitos que forem estabelecidos na legislação;

Podem ainda ter acesso a outras vias de estudo, designadamente ofertas educativas das instituições politécnicas que confiram uma qualificação de nível 5.

 

Legislação

Estes cursos foram criados, em regime de experiência-piloto, pela Portaria n.º 276/2013, de 23 de agosto, e funcionam em escolas cujo projeto técnico-pedagógico foi objeto de parecer favorável dos serviços competentes do Ministério da Educação e Ciência. A partir do ano 2014-2015, a apresentação destas candidaturas decorre em conformidade com o Despacho n.º 5945/2014, de 7 de maio.

Fonte: DGEstE

Ensino Secundário

O CURRÍCULO DO ENSINO SECUNDÁRIO diz respeito ao conjunto de aprendizagens a desenvolver pelos alunos de cada curso de nível secundário, de acordo com os objetivos consagrados na Lei de Bases do Sistema Educativo.

O Ensino Secundário é constituído pelo:

10º ano

11º ano

12º ano

 

Ensino Profissional

Os Cursos Profissionais são um dos percursos do nível secundário de educação, caraterizado  por uma forte ligação com o mundo profissional.
Tendo em conta o teu perfil pessoal, a aprendizagem realizada nestes cursos valoriza o desenvolvimento de competências para o exercício de uma profissão, em articulação com o setor empresarial local. 

Para quem
Os Cursos Profissionais podem ser o percurso mais indicado para ti se:
 - concluíste o 9.º ano de escolaridade ou formação equivalente;
 - procuras um ensino mais prático e voltado para o mundo do trabalho;
 - não excluis a hipótese de, mais tarde, prosseguires estudos.

Qual o objetivo
Os Cursos Profissionais são percursos que cumprem vários objetivos:
 - contribuem para que desenvolvas competências pessoais e profissionais para o exercício de uma   
   profissão;
 - privilegiam as ofertas formativas que correspondem às necessidades de trabalho locais e regionais;
 - preparam-te para acederes a formações pós-secundárias ou ao ensino superior, se for essa a tua    
    vontade. 

O que são
Estes cursos têm uma estrutura curricular organizada por módulos, o que permite maior flexibilidade e respeito pelos teus ritmos de aprendizagem.

O plano de estudos inclui três componentes de formação: 
    - Sociocultural;
    - Científica;
    - Técnica.

A componente de formação Técnica inclui obrigatoriamente uma formação em contexto de trabalho. 

COMPONENTES DE FORMAÇÃO DISCIPLINAS TOTAL DE HORAS (a) / CICLO DE FORMAÇÃO 




Sociocultural
Português 320h
Língua Estrangeira I, II ou III (b) 220h
Área de Integração 220h
Tecnologias da Informação e Comunicação 100h
Educação Física 140h
Científica 2 a 3 disciplinas (c) 500h
Técnica 3 a 4 disciplinas (d) 1180h
Formação em Contexto de Trabalho (e) 420h
Carga horária total/ Curso 3100h

(a) Carga horária global não compartimentada pelos três anos do ciclo de formação, a gerir pela escola, no âmbito da sua autonomia pedagógica, acautelando o equilíbrio da carga horária anual de forma a otimizar a gestão global modular e a formação em contexto de trabalho.
(b) O aluno escolhe uma língua estrangeira. Se tiver estudado apenas uma língua estrangeira no ensino básico, iniciará obrigatoriamente uma segunda língua no ensino secundário.
(c) Disciplinas científicas de base a fixar em regulamentação própria, em função das qualificações profissionais a adquirir.
(d) Disciplinas de natureza tecnológica, técnica e prática estruturantes da qualificação profissional visada.
(e) A formação em contexto de trabalho visa a aquisição e o desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e organizacionais relevantes para a qualificação profissional a adquirir.

Prova de Aptidão Profissional
Estes cursos culminam com a apresentação de um projeto, designado por Prova de Aptidão Profissional (PAP), no qual demonstrarás as competências e saberes que desenvolveste ao longo da formação.

Estes cursos, organizados de acordo com referenciais de formação, estão distribuídos por 39 áreas de formação:


- Artes do espectáculo
- Audiovisuais e produção dos media
Design
- Artesanato
- Filosofia, história e ciências afins
- Jornalismo
- Biblioteconomia, arquivo e documentação (BAD)
- Comércio
Marketing e publicidade
- Finanças, banca e seguros
- Contabilidade e fiscalidade
- Gestão e administração
- Secretariado e trabalho administrativo
- Enquadramento na organização/empresa
- Ciências informáticas
- Metalurgia e metalomecânica
- Eletricidade e energia
- Eletrónica e automação
- Engenharia química
- Construção e reparação de veículos a motor

- Indústrias alimentares
- Têxtil, vestuário, calçado e couros
- Materiais (madeira, papel, plástico, vidro e outros)
- Indústrias extrativas
- Arquitetura e urbanismo
- Construção civil
- Produção agrícola e animal
- Floricultura e jardinagem
- Silvicultura e caça
- Pescas
- Serviços de saúde
- Ciências dentárias
- Serviços de apoio a crianças e jovens
- Trabalho social e orientação
- Hotelaria e restauração
- Turismo e lazer
- Proteção do ambiente
- Proteção de pessoas e bens
- Segurança e higiene no trabalho



Cursos de Ensino Profissional
No âmbito da Revisão Curricular do Ensino Profissional, os cursos profissionais entram em funcionamento de forma faseada:
- Cursos criados

Qual a certificação
Após a conclusão, com aproveitamento, de um Curso Profissional obténs o ensino secundário e certificação profissional, conferindo o nível 4 de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações.

Prosseguimento de estudos/formação
A conclusão de um Curso Profissional permite-te o prosseguimento de estudos/formação num Curso de Especialização Tecnológica ou o acesso ao ensino superior, mediante o cumprimento dos requisitos previstos no regulamento de acesso ao ensino superior.

Onde
Os Cursos Profissionais podem funcionar:
 - escolas profissionais, públicas ou privadas;
 - escolas secundárias da rede pública.

Fonte: ANQ

2º e 3º Ciclos

O CURRÍCULO DO ENSINO BÁSICO diz respeito ao conjunto das aprendizagens que os alunos realizam, ao modo como estão organizadas, ao lugar que ocupam e ao papel que desempenham no percurso escolar ao longo do ensino básico.

O Ensino Básico compreende três ciclos:

1º Ciclo: 1º, 2º 3º e 4º Anos

2º Ciclo: 5º e 6º Anos

3º Ciclo: 7º, 8º e 9º Anos

O conjunto completo destes três graus de ensino constitui o nível de ensino básico.

 

 

Wednesday the 13th. Joomla 2.5 templates.